menú responsive
-/5 | 0 votos

Mais de 1.200 militares

Fuzileiros navais e Exército Brasileiro treinam em conjunto com armas, comunicações e UAV

15/09/2011

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Belo Horizonte (Brasil) - Mais de 1.200 militares participaram de um dos principais treinamentos do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, realizado entre os dias 20 e 28 de agosto no campo de instrução da Escola de Sargentos das Armas (EsSA), unidade do Exército Brasileiro sediada em Três Corações, MG. O propósito da ação foi o aprimoramento técnico e tático das tropas, além da manutenção da sua prontidão operacional.

O exercício foi dividido em duas fases: a primeira, concluída em 24 de agosto, foram treinadas unidades subordinadas à Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE). Armamentos orgânicos como o canhão do tipo obuseiro 105mm Light Gun, lançadores de granada morteiros 120mm, 81mm e 60mm, além de canhão antiaéreo 40mm Bofor, foram utilizados para realização de tiros e lançamentos reais. Os fuzileiros receberam, ainda, treinamento de comunicações operativas e de uso de Veículos Aéreos não Tripulados (VANT).

Tiro de Canhão 40mm Bofor da Artilharia Antiaérea

Na segunda fase, as equipes da FFE e da Força Aeronaval uniram-se em uma operação anfíbia simulada, representando um grupamento operativo de fuzileiros navais, 800 a 2.200 homens dividia por tarefas.

Os fuzileiros do CFN sempre estão prontos para serem empregados em qualquer operação no prazo máximo de 48 horas. Na Estratégia Nacional de Defesa, eles são descritos como Força Expedicionária de Emprego Rápido. Parte dos militares que atuou na cidade mineira serviu no Haiti e também participaram das Operações Rio I II e III.

No final de agosto, o Comandante da EsSA, General de Brigada Fernando Vasconcellos assistiu aos exercícios de tiro real de canhão antiaéreo, operado pelo Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea, e acompanhou o lançamento de VANTs do tipo Carcará II. O equipamento sobrevoou a 300m de altura, gravou e fotografou o local, produzindo um material utilizado no planejamento do exercício de simulação da operação anfíbia.

Fuzileiros Navais e Exército Brasileiro juntos em cooperação de instrução

O Batalhão de Blindados do Corpo de Fuzileiros Navais se uniu ao Exército em um adestramento organizado no Centro de Instrução de Blindados General Walter Pires, em Santa Maria (RS), região sul do Brasil, durante o mês de julho, a fim de compartilhar experiências operativas com blindados.

Os Fuzileiros Navais conheceram as novas instalações e tecnologias empregadas nos sistemas de simuladores de carros de combate do Exército Brasileiro e observaram o processo de incorporação dos recém adquiridos carros de combate Leopard 1 A5 de procedência alemã. Foram apresentados, ainda, novos equipamentos de engenharia, e discutido o case sobre o apoio logístico prestado pelos Fuzileiros Navais à Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro no final de 2010.

Lea la noticia en español

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN


NUESTRA APP




ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje